DEMONOLOGIA: DA RAIZ À INSANIDADE – Parte Final

moonpresence_by_orioto-dbottsa

Post dedicado a minha amiga artista Satânica e adm do Coletivo Sinistro Feminino, Victoria Lisboa, que faz um grandioso trabalho e inspirou este post em uma de nossas conversas. 

Aquilo que nos amedrontava outrora não mais surtia efeito como choque energético numa evocação demoníaca. As imagens, os simbolismos, tudo mudou de acordo com a Era.

É aí que entra uma figura não-citada de máxima influencia para a magia, mesmo sem ter nunca praticado efetivamente como um Mago ou Ocultista. 

Howard Philips Lovecraft nasceu em Rhode Island em 1890 e foi um escritor literário que simplesmente revolucionou o Terror. Ele mudou nossa forma de sentir medo, ele criou um medo novo. Ou melhor, ele trouxe para nós a Mensagem DELES de que necessitávamos de uma nova sensação intensa para obter contato.

Seu mais famoso trabalho é sem dúvidas “O Chamado De Cthulhu” que relata as visões de um marinheiro naufragado a respeito de uma imensa criatura parte dragão, parte polvo que habita nos mares, caída do céu desde tempos imemoriáveis. Com tal premissa de que os ‘Deuses Exteriores’ vieram do Céu e das Estrelas, Lovecraft deu uma nova cara ao que podemos chamar de Demonologia. Ele foi o Pai do Terror Cósmico e o Avô dos Deuses Sem Nome, aqueles que habitam além dos portais de Saturno.

Não como um ocultista, mas como um literato, influenciando de forma macabra no horror da mente, fazendo uma nova sensação, um novo tipo de Medo adentrar nas mentes dos leitores e sem sombra de dúvida influenciando na magia.

O que nos assombra, segundo Lovecraft e seu novo conceito, não são coisas meramente naturais. São seres externos, de outra realidade paralela. Seres disformes, massas de tentáculos pegajosos, cães com muitas faces, homens dotados de muitos olhos, aberrações sinistras saídas das mais profundas zonas dos Pesadelos, viajando através do Espaço vazio entre os planetas, estrelas e caindo no Oceano, a espera de que quanto as Estrelas novamente se alinhem, elas possam ser trazidas a esta realidade pelos seus Cultistas e Adoradores, para destruir este mundo e para que possam novamente governá-lo como fizeram outrora.

E isso não é apenas literatura. Apesar dos nomes divergirem, ordens como a Order of Nine Angles beberam perceptivelmente da fonte do Horror Cósmico e Intergaláctico. Não pautaram-se, mas influenciaram-se pelo mestre do horror. Seu Panteão Acausal vindo dos Portais Além de Saturno expressam clara referência a esta base Lovecraftiana. Outras ordens como a Esoteric Order of Dagon (EOD), dentre outras, também acolhem essa realidade nova em seus mitos. Ou seja, realizam rituais, usam de seus simbolismos, expressam sua ‘raison d’être’ e aplicam no mundo real esta nova mitologia de forma séria.

E o mais assustador?

Funciona.

Portanto, jamais esqueçamos ou subestimemos os Demônios do passado, pois eles ainda estão aqui. São nossa carga de Ancestralidade em estudo para os Demonólogos e em práticas cultuais para os Demonólatras.

No entanto, não podemos simplesmente fechar os olhos para o que está surgindo, intrusivamente na nossa realidade mais e mais, seja pela naturalidade dessa invasão “alienígena” seja pelo esforço de seus Cultos em trazer essas energias Acausais novamente para nosso plano com sua finalidade própria…

Olhe para si mesmo no espelho negro de sua Alma e perceba o Horror Cósmico interno, inerente a seu microcosmos. Agora olhe pro horizonte vermelho sangue.

Você pode vê-los?
Você pode senti-los?
Então abra sua mente e ouvidos e escute o Chamado.

“A emoção mais antiga e mais forte da humanidade é o medo, e o mais antigo e mais forte de todos os medos é o medo do desconhecido.”
-H.P. Lovecraft.

FINI.

A.D. 

2018.

Maxresdefault2323

Imagens: “The Moon Presence”, no jogo “Bloodborne”.

4 comentários sobre “DEMONOLOGIA: DA RAIZ À INSANIDADE – Parte Final

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s