Vampirismo: Ato III – Vampirismo Energético

tumblr_mgjqkxVjp01rufdf1o1_500“Sento il calore del suo respiro, sento i suoi denti affondare nella

mia carne, (fra dolore) fra dolore e orgasmo (mi ritrovo preda) preda del vampiro”

-Theatres des Vampires, “Il Vampiro”

Esse é o ponto principal, e essa é a prática difundida no ocultismo e realizada por entidades e por pessoas que treinam manipulação energética. Os Vampiros de energia dividem-se em dois tipos.

Os vampiros por doença, não fazem muitas vezes ideia de que estão sugando a energia (ki, prana, denominem a vontade) do ambiente ou de terceiros. São normalmente pessoas que apresentam grande variação de humor, por absorverem diferentes frequências e pessoas que passam a sensação de “frio” em sua energia. Essa “deficiência” energética, por assim dizer, é proveniente de algum trauma ou disfunção de algum dos Chakras. Pode ser “curado” ou retratado ao se purificar a energia da pessoa e fazer alguma forma de tratamento espiritual.

O outro tipo, é o mais comumente encontrado hoje em dia, devido a divulgação dos vampiros mitológicos citados no outro post. São os Vampiros que de fato treinam e desenvolvem a capacidade de Drenagem da energia alheia. Sim, tem gente que acha que ser um Vampiro “de verdade” é legal, bonito e não “dá nada não”.

A realidade, é que um Vampiro energético, quando despreparado, pode ter problemas. Sugar energia alheia, significa sugar impressões de sensações alheias, o que pode causar alterações no humor e até mesmo problemas físicos. Além de, claro, danificar os chakras e te tornar “viciado”, incapaz de expandir sua própria energia, dependendo sempre de outras pessoas. Então é uma prática que requer muito treino, cuidado e atenção.

tumblr_n9oxv9FAUM1snv1nyo1_400

Existem diversas técnicas de Drenagem a serem aprendidas. A mais utilizada é manipular a própria energia para “englobar” a do alvo como um pseudópode e puxá-la para si. Outros, criam um vácuo. Algumas pessoas utilizam o contato sexual para drenar o parceiro, esgotando-o. São inúmeras as formas, normalmente um Vampiro experiente incorpora seu estilo próprio a sua técnica, adaptando pro seu meio de vida.

Defender-se da técnica pode ser mais complicado. Exige um bom domínio de energia e auto controle. Normalmente, um “choque” de energia negativa ao perceber a drenagem pode dar uma boa “indigestão” a um vampiro inexperiente.

Identificá-los também não é um grande problema. As técnicas acabam tendo “efeitos energéticos”, que podem ser reconhecidos, como o mal estar sem razão diante de uma pessoa, ou a sensação de frio, entre outras características.

A energia roubada possui os mais diversos usos. Desde a aplicação em ritos, canalização pra sigilos, alimentar entidades, tudo depende da criatividade do Vampiro em questão.

2vmgbgi

 

Existem ordens que são totalmente voltadas para essa prática. Podemos citar aqui algumas bem famosas, como a TOV (Temple of Vampire), que prega o culto a “Deuses Vampiricos”, que após um rito de iniciação, passam a ser adorados e alimentados pelos membros. Bom, não me parece uma boa ideia, mas eles possuem uma doutrina séria, então…

A Black Order of the Dragon, guilda interna da The Order of Phosphorus que tem como foco o vampirismo energetico para ser utilizado na magia Yatukih (A feitiçaria Persa de Ahriman) pelos Yatus e Pairikas da Ordem.

varcolacisigil_525

Existem diversas outras ordens que praticam/pregam o vampirismo como ferramenta. Concluimos aqui que, apesar de ser errôneamente divulgado como uma prática “bonita”, a predação energética é largamente utilizada, chegando a possuir ordens iniciáticas inteiras voltadas a prática.

No próximo texto – Ato IV: A visão Satanista do Vampirismo.

Anúncios

11 comentários sobre “Vampirismo: Ato III – Vampirismo Energético

  1. inominavelser

    Quando bem preparado, o Vampiro Energético é muito eficiente; mas, porque drenar apenas a energia de seres humanos e, não, a do próprio Kosmos, uma fonte inesgotável de Prana Etérico? Sugar a energia de humanos é algo que facilmente encaminha para um vício incontrolável, mesmo que o adepto de tal ato seja o maior e melhor de sua Arte, ninguém é perfeito.

    É uma tremenda covardia se alimentar deliberadamente de pessoas avulsas. Os Black Swanns são recomendáveis para esses Vampiros, a meu ver, já que os mesmos consentem com essa prática; mas, sem ser taxativo e preconceituoso para com tais Seres, considero um crime ser um predador sugando energias de indivíduos específicos por aí.

    1. A frequência e a energia do Universo e da Natureza é bem diferente, tem outras utilidades… e ao contrário do que pensamos, não é infinita… o site Atos Negros tem uma matéria legal sobre isso na parte de magia elemental deles.

      1. inominavelser

        Vou conferir esse material no site recomendado e pesquisar além da Internet sobre o assunto. Agradeço a recomendação.

    2. Meu nome nao é Jone

      Por que a energia dos astros e o do sol é elétrica…ja a dos humanos é biológica. E a diferença de um para o outro é enorme. Demorou-se milhares de anos para que um material raro como o semen e o sangue surgisse no Universo.
      Sao 5 os reinos:
      O Primario, energético; as estrelas que geraram tudo.
      O Mineral
      O Vegetal
      O Animal
      O Humano
      Quanto maior o grau de consciencia devorado, mais forte o predador se torna e, consequentemente, maior o seu karma. Essa é a essencia da licantropia e do vampirismo.
      Um vampiro troca a energia solar, até entao a sua antiga e principal fonte de energia, pelo sangue e o semen vital, e isso o torna noturno.

  2. Meu nome nao é Jone

    Por que a energia dos astros e o do sol é elétrica…ja a dos humanos é biológica. E a diferença de um para o outro é enorme. Demorou-se milhares de anos para que um material raro como o semen e o sangue surgisse no Universo.

    Sao 5 os reinos:

    O Primario, energético; as estrelas que geraram tudo.
    O Mineral
    O Vegetal
    O Animal
    O Humano

    Quanto maior o grau de consciencia devorado, mais forte o predador se torna e, consequentemente, maior o seu karma. Essa é a essencia da licantropia e do vampirismo.

    Um vampiro troca a energia solar, até entao a sua antiga e principal fonte de energia, pelo sangue e o semen vital, e isso o torna noturno.

  3. Fabio

    Queria saber mais sobre esse vampirismo porque acho qui tou com esses sitomas qui vc falo agora apouco mais não intendo direito se poder me ajuda eu agradeço

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s