Necromancia – Ato II: O Portal do Oeste

atsb00064

O Portal do Oeste (ou “WestGate” no nome original) é uma editora de livros e produtora de material artístico voltado especificamente em Arte Necromântica, surgida nos anos 70 em Nova Orleans (a terra da macumba norte-americana), conta com a presença de músicos, desenhistas, pesquisadores, etc. Fundada pela “necrófila” Leilah Wendell e pelo amante da morte Daniel Kemp, a “editora” passou a produzir seu próprio material em relação a magicka, e é por isso que eu estou dando um espaço a eles aqui no blog.

Primeiro, temos que manter em mente que muita coisa deve ser filtrada, afinal eles vivem disso e querem fazer grana, portanto muita coisa fantasiosa é dita no site dos caras (que não chegam a ser uma ordem, mas um grupo de estudos sobre o tema). Mas dentre as 14 publicações da Leila, eu tive a oportunidade de ler o “Necromancer´s Ritual Book”, e posso dizer que ele é realmente bem aproveitável, por apresentar um sistema de Necromancia bem interessante e plausível.

O sistema magicko da WestGate se baseia em uma adoração por Azrael, o Anjo da Morte – que como mestre das energias da morte, rege o ato de “separar a alma do corpo”, além de ser também um símbolo de transformação interna.

O livro descreve em detalhes rituais, orações e símbolos necessários para entrar em contato com as energias da Morte e de Azazel. Ao contrário do que descrevi aqui anteriormente sobre as consequências do uso dessas energias, o WestGate prega um caminho mais “cristão”, onde o adepto deve conter todos os seus instintos – já que Azrael, como um Anjo, exige respeito para com os mortos e locais sagrados.atsb00068

Segundo a filosofia da WestGate, Azrael seria o Anjo que encheu suas mãos de barro e levou até o Criador, para que este formasse os corpos humanos. Passou então a ser o responsável também por “recolher” este barro, ceifando as vidas e levando as almas. Diz-se que ele porta um pergaminho, contendo o nome com todas as Almas humanas que ele deve separar do corpo. Ele também habitaria nas sombras do Oeste, onde o sol “morre”, sendo assim, os “Portões do Oeste” são abertos através dos rituais para entrar-se em contato com essa inteligência (vindo daí o nome do grupo/editora).

Parecendo algo fácil e bonzinho à primeira vista, há rituais em que o Adepto deve dormir dentro de mausoléus, colocar uma ametista no local onde estaria o coração de um cadáver semi-decomposto, entre outras tarefas agradáveis pra todos que possuem uma mórbida atração pela morte.

Pra quem tiver interesse nessa forma mais “respeitosa” de conhecer os Mortos e as simbologias por trás disso, vou deixar aqui no post o link para o site e pro Download do livro, que infelizmente se encontra em inglês (mas se mexam da cadeira e traduzam! Vale a pena, é um bom material!).

Links

WestGate: Azrael Project

Download do “Necromancer´s Ritual Book”

Wendell-Leilah–The-Necromantic-Ritual-Bookpdf

 

 

atsb00017

 

Anúncios

Um comentário sobre “Necromancia – Ato II: O Portal do Oeste

  1. rafael

    E sobre Tabuleiro ouija, eu jogava isso diferente do que algumas pessoas dizem nunca me causou mau algum. mesmo assim é algo misterioso ou até fake…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s