Pactos Satânicos Aqui!

Demonic Tutor   Um dos temas mais popularizados e comentados pelos leigos em ocultismo. Não é raro, quando uma pessoa “de fora” descobre que somos estudantes do tema, iniciar uma conversa com a famigerada pergunta “Então você tem pacto com o diabo?”
Ou aos iniciantes mais “trevosos” a outra pergunta constante, que frequentemente persegue os estudiosos com uma experiência razoável (em qualquer área que seja): “Me ensina a fazer um pacto?”


Bom, tentaremos ir um pouco além da irritação que nos leva a vontade de responder algo como “sim eu tenho” apenas para ver a reação. Vamos analisar os supostos “pactos” com “o Diabo”, tão famosos e tão prometidos por milhares de sites de charlatões espalhados pela internet (e em panfletos colados em postes).

Esta história de pactos satânicos teve início na Idade Média, durante o “auge” da Igreja Católica. Os Deuses de outras civilizações, transformados em “abominações” centenas de anos antes passaram a ser os personagens principais dessa anti-mitologia cristã, fossem eles originalmente bons ou não, todos passaram a ser um sinônimo do Diabo cristão.
Por consequência, os pagãos remanescentes de religiões antigas passaram a ser vistos com péssimos olhos pela Igreja (frequentemente mais por questões políticas do que teologicas), e boatos de sacrifícios de animais, crianças e virgens passaram a circular conforme estes pagãos, pobres camponeses, eram executados aos montes.
Juntamente com estes boatos, iniciaram-se também os boatos sobre “venda de alma”, onde o bruxo(a) entregaria ao demônio (genericamente falando, todos os demonios eram manifestações de um só diabo), cedendo a ele o bem mais precioso dado por deus em troca de meros confortos materiais ou sexuais.

Boatos de venda de alma se tornaram convenientemente úteis ao serem utilizados para perseguição de membros inconvenientes das cortes, atirando-os contra a própria Igreja Católica, a potência dominante na época.

Mas, ocultisticamente falando, o que seria um Pacto com o Diabo?

É necessário manter uma coisa em mente ao se falar de um pacto satânico. O Diabo não é único, portanto os demônios não são suas “faces”. Demônios são entidades em uma determinada frequencia e com um modo de trabalho. E cada um deles possui seu próprio modo de agir, personalidade e jeito de pensar. Os acordos firmados com entidades costumam variar muito de uma a outra. O sistema de evocação Goético permite usufruir e conhecer destas capacidades de barganha de modo justo e produtivo, desde que realizado corretamente, e com inúmeras entidades (muito mais que as 72 ali presentes). Ou seja, não existe Pacto apenas por evocar uma entidade. Isto é um mito. Quem pratica goétia não firma “pactos”, no sentido divulgado pela mídia e por livros sensacionalistas. Apenas realiza trocas justas.
Uma das mãos lava a outra – e esta história de “escravizar” um demônio (ou a entidade que seja) antigo e poderoso apenas porque você sabe vomitar como um papagaio meia dúzia de imprecações decoradas cujo significado nem você sabe, é uma mentira das boas.

Na questão de pactos com Lúcifer, estes não existem no Luciferianismo. Tendo em vista que esta vertente prega a iluminação através de mitos e entidades “portadoras de luz” (conhecimento) e o auto-refinamento e evolução própria, ganhar algo em uma troca fácil iria contra a própria corrente filosófica.  Isso sem contar que “Lúcifer” ou qualquer outra entidade/egrégora não terá o mínimo interesse em “almas”.

Aos desinformados sobre Satanismo, que crêem que todo Satanista “tem um pacto” ou que isso o torna melhor que outros, saiba que também estão equivocados. Dentro do Satanismo, o única forma de se demonstrar seu valor é demonstrando Força. Firmar um contrato com um ente, esperando ter tudo caindo do céu de forma fácil é uma prova de ausência de força, preguiça e inutilidade. Nem um satanista de verdade se prezaria a tal ato, que é condenado até mesmo pelos demônios de tão patético. Não se deve confundir auxílio e proteção (normalmente trocados por idolatria) com ganhar tudo fácil em troca de sua “alma”.

Então é impossível fazer um pacto? Não. Por incrível que pareça, não é. Mas nenhuma entidade quer a sua alma, até porque é algo impossível de se entregar. Mas, alguns demonólatras oferecem seus “serviços pós vida” como moeda de troca para seus patronos. Desta forma, ao morrerem eles habitam no plano existencial daquela entidade até que o contrato se expire ou até que a frequencia energética de ambos se desestabilize por algum motivo.
Quando este ato é cometido por pessoas ignorantes ou sem a instrução adequada, pode ter resultados um tanto ruins. A alma nao é vendida, a entidade pode atrapalhar ainda mais a vida da pessoa (apesar dos ganhos materiais), que sofrerá vampirização e pode ter consequências mesmo após a morte do indivíduo.

Um outro mito a ser quebrado, é que ninguém pode fazer um acordo com uma entidade por você. Todos estes anúncios de pactos, normalmente acompanhados de valores exorbitantes, são falsos. Uma negociação, por menor que seja, deve ser da Vontade do individuo, unicamente. Pode haver um evocador que intermedie, mas o contato ainda é estritamente pessoal. Ou seja, ainda existe estudo e esforço. Nada no ocultismo é fácil de se obter.

Para finalizar, pois já me extendi mais do que queria neste assunto, lembrem-se que o Satanismo é a crença dos fortes e o LHP o caminho do Eu. Submeter-se a um “deus” a uma entidade ou pessoa, seja quem for, é sinal de fraqueza. É a marca do rebanho. Um Satanista pode ser auxiliado ou orientado pelos seus Deuses, mas jamais será comandado ou se subjugará de livre vontade.
Não existe essa coisa de “pactos satânicos” para um verdadeiro Satanista que siga sua ideologia. Isso é apenas uma visão puramente “judaico-cristã” sobre o ocultismo em geral, especificamente sobre o satanismo. Não é uma realidade de nenhuma senda.

Um ps feito por um membro do fórum Via Sinistrae (onde este texto foi originalmente postado):

para satanistas não-teístas, o pacto ou acordo realizado é interpretado como uma obrigação consigo mesmo, com seus “demônios internos”, com seu Eu Superior, etc. Essa ligação semi-consciente fortaleceria nossa vontade e determinação para realizar nossos objetivos, além de aumentar nossa “força magnética” e nossa “fé” em nossa habilidade para manipular as vontades de outrem, já que acreditamos ter o auxílio de entes supra-individuais.” – Dagalush Skammal

Vendendo a alma ao diabo

ps: Livros acerca do assunto, consultem o Grimorium Verum, entre outras publicações medievais, distorcidas pela Igreja Católica para popularizar esta forma de Satanismo difundido na Idade Média.

Anúncios

8 comentários sobre “Pactos Satânicos Aqui!

  1. Shamash Lykaion

    vou deixar um pequeno comentário:

    “Em várias culturas, quando você morria, ir para o “plano” ou “reino” de seu Deus era mais que desejado: era sua “meta”!”

    Não é porque a religião dominante e as pessoas que cresceram com as ideias da mesma na cabeça, mesmo que conheçam outros ares, não podem dizer que só existe UMA linha correta e se seguir ou ainda, apenas UM objetivo compartilhado por todos.

    Acredito que no pós vida um novo Caminho tem início, uma outra jornada.

    E por que não com os Deuses e entidades que você trabalhou/familiarizou enquanto nesse plano?

    abs

  2. pra existi demonios existe espiritos pra isso tem seus planos espiritual ,
    néh ?
    sei la , acho que não existe ” diabo ” lucifer foi um anjo que foi espulso do ceu , ele e um espirito igual agente vai ser quando desencarna , mas ele e mas evoluido , a meta da gente e chega a felicidade ,
    agente encarna desencarna e continua , então eu acho que deus não foi tão injusto de não deixa ele evoluir , de chega a esse ponto ,
    e néh , mas pra gente evoluir , agente tem que quere , e nossa vontade … entaum … demonios , deuses , são espiritos desencarnados , que podem ajudo e nos atrapalha ,
    ai vem essa historia de pacto , e aquilo , agente desencarna , agente fica devendo uma divida pra eles ,
    e issoh …. mas vcs já tiveram alguma comunicação com algum espirito que ser diz deus , ou demonio ” por ser demonio e fazer o mal ” ?

      1. João

        Saudações! Por favor, seria possível um contato com Lúcifer para a própria evolução pessoal, ou aumento das próprias habilidades?, tipo um pacto, mas não no sentido de vender almas e toda aquela abobrinha, e sim no sentido que é explicado no texto acima. Outra questão seria, com um mago, intermediador, Lúcifer apareceria somente para o mago ou poderia aparecer também para quem pediu o acordo? Muito obrigado!!

  3. O negócio é se conformar com essa vidinha besta mesmo. Não é do interesse de deus ou do diabo que todos os habitantes da Terra sejam lindos e milionários. Isso deve permanecer privilégio para pouquíssimos. Já imaginou se todos os homens e mulheres do mundo fossem ricos e perfeitos? Quem iria ser seus mordomos? Quem iria trabalhar na fábrica que faria seus Ferraris? Quem iria trabalhar de vendedor nos shoppings que eles iriam frequentar? Só para ficar em alguns simples exemplos…

  4. Mauro

    Lúcifer não é uma egregora, quem ja teve contato pessoal com ele sabe disso, Satã também não é uma egregora, pode sim ter uma forte corrupção em relação ao nome, Roma sim criou uma egregora, um poder político incrível , que levou a distorção e destruição de muitas crenças reais.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s