DEMONOLOGIA: DA RAIZ À INSANIDADE – Parte Final

moonpresence_by_orioto-dbottsa

Post dedicado a minha amiga artista Satânica e adm do Coletivo Sinistro Feminino, Victoria Lisboa, que faz um grandioso trabalho e inspirou este post em uma de nossas conversas. 

Aquilo que nos amedrontava outrora não mais surtia efeito como choque energético numa evocação demoníaca. As imagens, os simbolismos, tudo mudou de acordo com a Era.

É aí que entra uma figura não-citada de máxima influencia para a magia, mesmo sem ter nunca praticado efetivamente como um Mago ou Ocultista. 

Continuar lendo “DEMONOLOGIA: DA RAIZ À INSANIDADE – Parte Final”

DEMONOLOGIA: DA RAIZ À INSANIDADE – Parte IV

ED3Ykz

Então, até agora analisamos a história da demonologia, de forma explanada pra um tratado tão pequeno (isso aqui dá um TCC maneiro…) mas para que possamos compreender o foco disso aqui. E claro, transgredirmos um pouco além.

Perceba bem que inicialmente tudo começou em uma rixa sócio-política entre hebreus e povos ”gentios’. Conforme os hebreus adotavam um modo de vida nômade eles entravam em choque direto com a cultura e a política dos gentios. Estes, pagãos em seu sentido mais literal, eram profundamente conectados com a terra. Seus Deuses tinham características animalescas ou elementais profundas, mesclando-se com as características de pessoas de destaque na tribo ou clã. Um grande guerreiro com chifre de touro, uma grande serpente que habitava nas profundezas, tudo remetia a este caráter “natural”. 
Continuar lendo “DEMONOLOGIA: DA RAIZ À INSANIDADE – Parte IV”

DEMONOLOGIA: DA RAIZ À INSANIDADE – Parte III

f8599f00dd5d5af5f130c709dd9f3e3a--dark-angels-fallen-angels

“But of all the demons I’ve known
None could compare to you

Every day that you feed me with hate
I grow stronger!”

Sabendo agora da imensa lista de santos, padres apostólicos e doutores da patrística que influenciaram essa visão, podemos compreender melhor o surgimento da maioria imensa dos grimórios medievalistas, tão importantes para a demonologia.
Não sabe-se ao certo a autoria ou data precisa de surgimento da maioria deles, mas se sabe que o satanismo na Idade Média não é mera conjectura. Missas Negras eram, não incomumente, encomendadas por nobres ricos a freis e sacerdotes corruptos. bem como sacrifícios humanos. A missa Negra como conhecemos atualmente é uma inversão da Missa tridentina e já tardia, mas existem relatos anteriores de ritos semelhantes (que não adentrarei a fundo aqui por não ser o foco deste texto, talvez em algum tratado posterior eu exponha melhor o tema). 

Continuar lendo “DEMONOLOGIA: DA RAIZ À INSANIDADE – Parte III”

DEMONOLOGIA: DA RAIZ À INSANIDADE – Parte II

334eb06872e8da4ba440c503a9e87a35

“Non Draco Sit Mihi Dux”

Herdadas as características ‘demoníacas’ dos espíritos malignos pagãos e incorporadas aos próprios Deuses dos panteões destes povos rivais, os hebreus fizeram uma real ‘campanha de difamação’ em torno destas entidades. Mas isso era apenas o princípio de algo maior…

Continuar lendo “DEMONOLOGIA: DA RAIZ À INSANIDADE – Parte II”

DEMONOLOGIA: DA RAIZ À INSANIDADE – Parte I

PazuzuDemonAssyria1stMillenniumBCE

“Oh make me over
I’m all I wanna be
A walking study
In Demonology…”

A Demonologia, ou o Estudo sobre entidades demoníacas surgiu em épocas imemoriais. Desde antes da antiga Grécia já havia-se os conceitos de Demônios, divididos em dois. Os Eudaemonos, mensageiros benéficos dos Deuses que inspiravam artistas e poetas, filósofos e mesmo políticos a desenvolverem sua arte de forma virtuosa, como os Kakodaemonos, os ‘espíritos malignos’ que, de acordo com as fases lunares, inspiravam a loucura e atos de agressão nos homens.  Continuar lendo “DEMONOLOGIA: DA RAIZ À INSANIDADE – Parte I”

Valak, Serpentes e ‘Invocação do Mal’

9b4574932e721865f2526ade17355e8a7d517cf1v2_hq.jpg

“Qual é o oposto de milagre, Padre?”

-Frenchie, “A Freira” 

Valak é uma daquelas entidades por quem ninguém dava nada antes, um dos ‘undergrounds’, mas que devido ao sucesso do filme ‘A Freira’ ganhou um holofote gigantesco. E não que ele não merece esse enfoque, mas vamos esclarecer aqui a diferença do filme pra realidade e tentar retirar disso algumas informações relevantes. Evitarei dar spoilers da película em si. 

Continuar lendo “Valak, Serpentes e ‘Invocação do Mal’”

A Estética da Magia

cc68d43820f83edda376945ebc9fef4a--gothic-lingerie-gothic-girls

“Gaudete, Gaudete Christus est Natus
Ex Maria Virginae, Gaudete”

-Potentia Animi, ‘Gaudete’

É um assunto o qual vejo pouquíssima gente falando por aí, mas que considero importante. Afinal, a estética é importante.

Uma das razões que nos faz acharmos uma pessoa ‘bonita ou feia’, a parte de nossas influências sociais e fetiches é a simetria. A estética indica que quanto mais alinhados os traços faciais de uma pessoa, mais ‘atraente’ a acharemos. Quanto mais suaves e femininos, mais bela a mulher e quanto mais ‘angulosos’ e masculinos, mais belo o homem. Quanto mais arredondadas e suaves as curvas, mais propensa a reprodução e mais atraente ao macho. Quanto mais muscular e propenso a defesa, mais atraente o homem para a fêmea. 
Continuar lendo “A Estética da Magia”